Serviços de saúde mental oferecem apoio a pacientes e familiares na PB


A Paraíba conta atualmente com 264 Serviços de Saúde Mental, sendo 110 a quantidade de Centros de Atenção Psicossocial (Caps) no Estado. Desde o ano passado, a Coordenação de Saúde Mental e outras instituições envolvidas com o tema, desenvolveram uma parceria com o Ministério Público da Paraíba (MPPB) para construir o Plano Estadual de Prevenção ao Suicídio.

Para isso, foi montado um grupo de trabalho que visa melhorar o apoio aos pacientes e familiares. No Estado, a prevenção e atendimento às demandas que incluem ideação e tentativas de suicídio são contínuas através da rede pública, por meio dos serviços estaduais e municipais que oferecem cuidado em saúde mental. A Rede de Atenção Psicossocial dispõe de pontos de atenção à saúde para pessoas com transtorno mental, incluindo aquelas com necessidades decorrentes do uso de crack, álcool e outras drogas, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).

Para questões relacionadas às tentativas de suicídio, existe a Rede Urgência e Emergência, cujos pontos de atenção incluem o Samu; a Sala de Estabilização; a UPA 24 horas; as portas hospitalares de atenção à urgência/ pronto socorro em Hospital Geral e as Unidades Básicas de Saúde.

A população também pode contar com os Caps e Ambulatórios de Saúde Mental. Nestes locais, os pacientes recebem atendimento próximo da família, assistência médica especializada e o cuidado terapêutico conforme o quadro de saúde. Quando recomendado pelo médico, o SUS disponibiliza gratuitamente os medicamentos que podem auxiliar no tratamento. A existência de Caps no município reduz em 14% o risco de suicídio, aponta o Ministério da Saúde.

Fonte: PB Agora

Previous Genival amplia campanha de reeleição na Capital, CG e Santa Luzia
Next Aguinaldo Ribeiro é abraçado pelo Curimataú paraibano e reforça compromisso com a região

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *