Santanna recita ‘Tropeiros da Borborema’ em homenagem a Campina


Responsável pelo show de abertura do Maior São João do Mundo, Santanna prestou uma homenagem a Campina Grande em forma de poesia. O Cantador divide o palco com Mano Walter, Biliu de Campina e Os Anselmos.

Antes de começar as canções, o cantador recita um poema, geralmente de autores que os inspiram na vida e na arte. Com essa influência, que foi se tornando rotina nos shows, Santanna transformou homenagem em poesia. Pensando nessa soma e na abertura do São João 2018 de Campina Grande, sob seu comando, recitou ‘Tropeiros da Borborema’, de Raimundo Asfora, em homenagem a cidade de Campina Grande.

É de criança a influência dos poemas na música de Santanna. Pessoas que não fizeram nome, mas conseguiram, segundo Santanna, construir parte dessa composição musical, foram grandes influenciadores. “Existia um senhor chamado Eurípedes, em Pernambuco, que era cliente do banco que eu trabalhava na época. Ele recitava muito bonito e aquilo me deixou entusiasmado”, relembra. “Teve outro, seu Eloi Teles de Morais, que tinha um programa e me fazia acordar 5h para ouvir o recital dele. Tudo isso foi me formando”, completa.

No entanto, foi quando viu Maria Bethânia recitar que entendeu que a composição daria certo. E desde então, cada música de Santanna é somada a um poema. Firmou o momento quando ouviu um disco de Ascenso Ferreira recitando poesias próprias. “Eu tive muitas influências, mas consegui fazer do meu jeito”, explica.

Redação

Previous Governo Federal flexibiliza expediente de servidores na Copa
Next Mesmo em meio à crise, produtos juninos invadem as lojas do ramo em JP

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *