Parlamento legaliza remédios à base de maconha


O Parlamento de Portugal aprovou nesta sexta-feira um projeto de lei para legalizar medicamentos à base de maconha, após rejeitar propostas anteriores para permitir que pacientes plantassem a droga em casa.

Portugal descriminalizou o uso de todas as drogas em 2001 para combater uma epidemia de heroína e tem plantações legais de maconha para exportação. Entretanto, havia ficado atrás de outros países da União Europeia, como Itália e Alemanha, assim como do Canadá e partes dos Estados Unidos, em relação à maconha medicinal.

Apenas um partido, a legenda de centro-direita CDS-PP, se absteve da votação no Parlamento que legalizou a prescrição de remédios à base de maconha para tratar dores crônicas, transtorno de estresse pós-traumático, efeitos colaterais do tratamento de câncer e outras doenças.

O projeto de lei agora irá para a sanção do presidente Marcelo Rebelo de Souza.

Extra

Previous Ala de comerciantes cumpre promessa e fecha as portas no PP
Next Cármen Lúcia assumirá Presidência da República

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *