MAIS UM: suplente entra na justiça para pedir mandato de Eliza na CMJP


Depois que o segundo suplente de vereador do PSL no município de João Pessoa, Gilmar Batista da Silva, ingressar com uma Ação no Tribunal Regional Eleitoral pedindo a cassação do mandato do vereador Lucas de Brito por infidelidade partidária e também o primeiro suplente Felipe Leitão, outro suplente resolveu exigir seus direitos.

Apesar de beneficiado por oitos meses com o mandato na Câmara Municipal de João Pessoa, após a vereadora Eliza Virgínia (PP) assumir uma vaga na Assembleia Legislativa, o suplente de vereador, Marmuthe Cavalcanti (PSD), entrou com ação no Tribunal Regional Eleitoral, na terça-feira (6), para tomar o mandato da parlamentar.

Na ação, assinada pelo procurador do Trabalho, Eduardo Varandas, Marmuthe alega que houve infidelidade partidária de Eliza ao trocar o PSDB pelo PP, durante a janela partidária. Prestes a assumir a vaga da deputada Daniela Ribeiro (PP) na Assembleia Legislativa, ao saber da ação, Eliza suspendeu a posse.

Redação

Previous Cotado para técnico do Botafogo tem relação amistosa e polêmica com o Belo
Next Paraíba atinge 80,96% do público-alvo da vacinação contra a gripe

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *