Equipe do Samu é agredida e feita refém por assaltantes, em CG


ma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi feita de refém e agredida pouco antes das 5h da manhã desta quinta-feira (27), na cidade de Campina Grande. De acordo com a polícia, os profissionais tinham deixado um paciente em um hospital e, no retorno, foram interceptados por um suspeito que pediu a parada do veículo. A abordagem aconteceu entre as ruas Campos Sales e Fernando Vieira Borges.

Os outros suspeitos entraram no veículo e agrediram os profissionais pedindo celulares, joias e até os materiais de trabalho da equipe. Eles expulsaram a enfermeira e motorista da ambulância a chutes e “coronhadas” e os ameaçaram de morte.

Após recolherem o que conseguiram do veículo, os suspeitos fugiram do local levando as chaves da ambulância e a abandonaram.

A equipe médica conseguiu pedir ajuda através do rádio comunicador da ambulância. Eles prestaram queixa na Central de Polícia de Campina Grande e a Polícia Civil já está investigando o caso.

Foto: Felipe Valentim

G1

Previous "Um sonho que virou realidade" diz prefeito de Cacimba de Dentro sobre inauguração do Hospital Luiz Olegário da Silva
Next Termina hoje prazo para justificar ausência no 2º turno

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *