Cotado para técnico do Botafogo tem relação amistosa e polêmica com o Belo


“O matuto está de volta”. Após a demissão de Leston Júnior como técnico do Botafogo-PB, a diretoria do Belo deve anunciar na tarde desta quarta-feira (06), Francisco Diá como novo comandante do alvinegro para o restante das disputas da Série D do Brasileiro.Por enquanto, Ramiro Souza ocupa o cargo interinamente.

Dia tem uma relação amistosa e polêmica com o Belo.  Em 2015 e 2016 quado foi campeão pelo Campinense, ele chegou a colocar um “xapéu” de palha na cabeça, em provocação a torcida do Bota, que chamou os rapozeiros de “matuto”. Na final de 2016, a Raposa sagrou-se bi campeã, mas perdeu para o Belo. A derrota no Amigão, não tirou o título, mas impediu o rubro-negro de ser campeão invicto.

No ano passado, quando treinava o Sampaio Corrêa, ele foi questionado, sobre uma suposta “facilitação” do Sampaio Corrêa para o Botafogo. Já classificado e com a vantagem do mando de campo nas quartas de final do Campeonato Brasileiro Série C, o Sampaio Corrêa perdeu 3 a 2 para o Belo. Como a derrota em casa prejudicou os planos do Moto Club, o técnico Francisco Diá foi questionado, em entrevista coletiva, sobre uma suposta “facilitação”.

O comandante do Bolivão, por sua vez, não alongou muito o assunto e negou qualquer tipo de corpo mole diante do representante paraibano. “Não tem nem que perguntar um negócio desses. Os caras se mataram em campo, entrei com a força máxima. Não houve facilitação”, disse Diá.

Ao comentar o tropeço diante do Botafogo-PB, Francisco Diá disse que o Sampaio Corrêa não teve uma noite inspirada e encontrou dificuldades diante da forte marcação paraibana. O empenho do adversário também foi elogiado pelo treinador do Tricolor.

Francisco Diá é um “velho” conhecido da torcida paraibana. Bicampeonato estadual pelo Campinse o vice da Copa do Nordeste de 2016 pela Raposa, o treinador de 61 anos, comandou equipes como Altos/PI, além de ter passagens pelo América de Natal, Mogi-Mirim, Alecrim, Oeste e Sampaio Corrêa.

Severino Lopes

PB Agora

Previous Inadimplência do Fies dobra desde 2014, e 41% não pagam as parcelas
Next MAIS UM: suplente entra na justiça para pedir mandato de Eliza na CMJP

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *