CNJ: ataque entre candidatos em redes sociais deve ser evitado


O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) proibiu magistrados de fazer ataques a candidatos, lideranças políticas ou partidos nas redes sociais, informa o jornal O Estado de São Paulo.

Entidades de classe criticaram a medida e apontaram que o texto pode permitir perseguições a magistrados.

*fonte: estadao

Previous Entre as 16 pessoas atingidas pelos disparos, há um menino de 13 anos; crime aconteceu em um evento anual na capital de Nova Jersey, Trenton; entenda
Next Incêndio de grandes proporções atinge indústria de pneus na zona leste de SP

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *