Video: Após negociação, assaltante libera reféns e se entrega à polícia em CG


Após cerca de três horas, o homem que estava fazendo duas pessoas reféns no interior de uma agência dos Correios localizada no bairro de Bodocongó, em Campina Grande, em frente à Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), se entregou à polícia.

Por volta das 7h50 da manhã desta quinta-feira (5), três homens armados chegaram à agência anunciando o assalto e tentaram render o vigilante, que reagiu e entrou em luta corporal com os criminosos.

O vigilante foi agredido com uma mordida e precisou ser encaminhado para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, onde recebeu atendimento médico. Os bandidos chegaram a atirar na agência, mas ninguém foi atingido pelos disparos.

O motopatrulhamento do 10º Batalhão foi até a agência e prendeu dois dos suspeitos na porta do estabelecimento.

Um dos criminosos ficou no interior da agência com os reféns, uma mulher e um homem. Um dos suspeitos presos ficou detido na viatura da Polícia Militar e o outro ficou negociando com a polícia a saída do assaltante que ficou no interior da agência e dos reféns.

O homem que ficou na agência exigiu a presença da imprensa e de um advogado. Tanto a imprensa quanto o advogado estiveram no local e acompanharam as negociações.

Foi repassado um colete à prova de balas para o suspeito que estava com os reféns e por volta das 10h50 ele se entregou.

Os suspeitos foram presos em flagrante e encaminhados para a sede da Polícia Federal, em Campina Grande.

A identidade deles ainda não foi confirmada. Dois deles disseram que eram do estado do Rio Grande do Norte e o terceiro, do Ceará. Eles estavam em um carro e uma moto. Com o trio, foram apreendidas duas pistolas calibre 380.

A ação contou com a participação de policiais do 10º Batalhão, 2º Batalhão, Batalhão de Operações Especiais (Bope), entre outros profissionais das forças de segurança da Paraíba.

Redação com Paraíbaonline

Previous Homens são encontrados mortos amarrados e amordaçados em Cuité
Next Adolescente de 15 anos sofre descarga elétrica ao atender celular na tomada e morre, no RN

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *